diferença entre

DIFERENÇA ENTRE MDP E MDF

Não é uma delícia sonhar com aquele móvel que você tem “namorado”? Melhor ainda quando ele entra na sua casa e faz o casamento perfeito. Mas quando se trata de um produto criado a partir de painéis de madeira, já parou para pensar qual a melhor matéria-prima? Conhece a diferença entre um móvel feito em MDF ou MDP? E quando é vantajoso utilizar um ou outro? 

MDP

O MDP – Medium Desinty Particleboard (Partículas de Média Densidade) é formado por três camadas de chips ou cavacos de madeira, geralmente Pinus, sendo as duas camadas externas de pequena gramatura e a interna de gramatura maior.

Essa separação dos cavacos confere estabilidade dimensional, isolamento acústico e resistência a empenamentos e deformações. Na indústria moveleira, o MDP é utilizado em móveis retilíneos, onde não há usinagem – mesas, armários, balcões e, principalmente, onde há necessidade de resistência mecânica. Esse é o caso dos produtos abaixo, da Linha Multifunzione, pois não há usinagem exposta: o módulo é colado e a usinagem 45° fica protegida.

NÃO CONFUNDIR MDP E AGLOMERADO

Muita gente confunde o MDP com o antigo aglomerado, que tinha a má fama de esfarelar, mas há uma diferença na gramatura das partículas entre esses dois materiais. No aglomerado, as partículas eram maiores, tanto as externas quanto as internas. Só que o motivo de esfarelar era outro: o aglomerado chegou ao Brasil na década de 1960, época em que não se fabricavam corrediças. Assim, os gaveteiros eram feitos de travessas de Pinus e as gavetas, sem borda na parte inferior, corriam sobre elas. Com o atrito, os chips ou cavacos se soltavam do painel; daí, o mito de que MDP também esfarela.

MDF

Já o MDF – Medium Density Fiberboard (Fibras de Média Densidade.) é homogêneo, pois não possui camadas. Fazendo uma analogia, é como se fosse um algodão de madeira prensado. Essa característica confere ao MDF uma superfície perfeita para a aplicação de pintura, vernizes, colagem de lâminas de madeira e diversos tipos de usinagem, inclusive aquelas para encaixe. Os móveis da Lider que necessitam de usinagem, como a Linha Cut, são feitos de MDF. Abaixo, o livreiro e o rack Cut: suas facetas com bordas lapidadas usam de alta tecnologia só disponíveis na produção usineira, conferindo um ar trendy às peças, seja em cores modernas e joviais ou em amadeirados neutros e discretos.

QUEM GANHA NA RESISTÊNCIA À UMIDADE?

O MDP é composto de partículas que não são fibras expostas. Também há espaços vazios entre uma fibra e outra. Então, ele não absorve a umidade com a mesma velocidade. Quando isso acontece, as partículas incham, mas a umidade preenche primeiro os espaços vazios para, em seguida, aumentar a espessura do painel. Além de inchar menos, ele ainda possui uma taxa de retração quando a umidade cessa.

Já o MDF não é a fibra nua, aglutinada e colada? A fibra da madeira está ávida por umidade, absorvendo-a rapidamente. Saturada, deixa a umidade passar para a fibra ao lado, por osmose. Assim, o MDF incha, e muito, chegando a dobrar de espessura, dependendo da severidade do contato com a umidade.

Mas há o MDF Hidrófugo (ou MDF RU – Resistente à Umidade), que possui uma resina que o impermeabiliza. Não é à prova d’água, mas resistente à umidade. Esse material possui as mesmas características que o MDF e é ligeiramente esverdeado por causa da resina. Excelente opção para ser usado em ambientes úmidos, o MDF Hidrófugo está entrando na Linha Átrio (somente no padrão Branco TX), novidade deste ano na Lider Interiores, que vem trabalhando para oferecer uma gama completa de soluções para a sua casa, incluindo planejados para cozinhas

 

Este post tem um comentário

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Carrinho De Compras
Não há produtos no carrinho.
plugins premium WordPress
×